Follow by Email

segunda-feira, 5 de março de 2012

VULCÃO VILLARICA, DETALHES QUE PODEM AMEAÇAR A SUA SEGURANÇA!

Depois de muito tempo que não escrevo, considero que tenho o compromisso de informar e alertar sobre a infra estrutura de turismo do Chile. Aos poucos, portanto, vou escrevendo sobre algumas coisas que também vi. Sabemos que "nem tudo são flores" nessa vida, não é mesmo?! Por isso me sinto na obrigação de falar sobre a segurança turística desse país tão maravilhoso e adorado por mim, mas que, como qualquer outro, tem os seus pontos a serem melhorados. Ao ver as notícias do brasileiro, que morreu ao fazer uma excursão no vulcão Villarica, fiquei muito triste ao ver esse país e a região, especificamente, sob o enfoque da mídia, contando-nos uma tragédia! Por isso, hoje, vou falar um pouco da minha experiência!

Será que o vulcão Villarica não merecia uma recepção do teleférico um pouco melhor?

Aos 26 anos, fiz esse mesmo passeio! Vou dizer como aconteceu comigo. Escolhi uma agência de turismo (que não me lembro o nome), indicada pelo hostel, que fiquei hospedada. Eu e minha amiga fomos até essa agência, escolhemos o dia do passeio. Dentro do valor que eu paguei estavam incluídos os equipamentos: grampones, sapatilhas para prender nas botas para subir na neve, pionet (acho que se chama assim), uma ferramenta no formato de um martelo pontiagudo e capacete. Mas todos as vestimentas necessárias, casaco, botas e calça, eles apenas comentaram o que precisaríamos e fomos com o que tínhamos! Acho que alugavam o que não tínhamos. Então, todos foram com a sua própria roupa. E alugamos apenas um casaco se sentíssemos frio.

sexta-feira, 24 de junho de 2011

DICAS PARA QUEM NÃO QUER FICAR APENAS EM SANTIAGO

Frustrada com as noticías de cancelamento de viagem para o Chile, resolvo, então, dar um conselho crucial para quando você conseguir ir. Tomará que não demore muito!

Como digo que não sou turista, e sim viajante isso me dá uma certa aflição quando escuto pessoas dizendo que conhece um país apenas porque conhece a sua capital. Imagina um estrangeiro que conhece o Rio e diz que conhece o Brasil?! Não dá! E as montanhas, cachoeiras, feijoada de Minas? O vatapá, rosca, mandioca, as frutas, tapioca, os coqueiros do Nordeste? Os canions, o café colonial, o chimarrão, o verde retocado do Sul?

Então, muitas pessoas resumem a conhecer o Chile indo a Santiago. Com passagem comprada, hotel reservado, que são os mais caros de uma viagem, você pode ir para conhecer outras paisagens com apenas uma mudança no roteiro e um pouco de espírito de novidade!

Santiago para mim é uma mistura de São Paulo, pelo corre-corre das pessoas com Belo Horizonte com suas arvóres, sua tranquilidade "mentirosa", seus patrimônios culturais preservados...A parte mais nova da capital, como o bairro Vitacura é um exemplo de modernidade e luxo para os olhos, Las Condes também bem feito e bonito, mas o centro...aquele que todos querem ir para conhecer, não apresenta nenhum mistério à vista. O Palacio de la Moneda, a Catedral na Plaza de Armas, o Museu de Belas Artes, o Cerro San Cristobal, Las Chascona (casa de Pablo Neruda), o Mercado Central são os típicos lugares que vão lhe recomendar. Mas isso tudo você consegue fazer em um dia. Não mais do que isso. Claro que se você para degustar as comidas, bebericar, petiscar as gosturas da cidade, o passeio pode levar 2 dias.

Para onde você pode ir então? Nossa...o Chile é um país perfeito. Você vai do deserto arido até o gelo glacial sem sair do país. O que prefere? Paisagens mais rusticas ou o verde e a neve queimando seu rosto? Qual a época do ano é o passeio? Isso é muito importante saber.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

VULCÃO PUYEHUE

É...não serão todos que estão de malas prontas para o Chile que conhecerão o país dessa vez! Imagina quem tem data marcada para viver uma lua de mel como uma amiga minha? Ela ia para uma cidade vizinha ao vulcão, a famosa Bariloche, que ficou coberta com 40cm de cinza de acordo com matéria do G1!
A força da natureza está presente em todos os lugares: as vezes chove, neva, tem terremoto, furacão e vulcões em atividade.
Escutei hoje no jornal que a previsão é que a erupção ainda dure 2 meses! Ou seja, é melhor se prevenir, alterando a rota do que se frustrar!
Olha o vulcão pelo google maps...uma foto de satelite:
Ainda através do site G1 temos a notícia de que a nuvem de cinza chegou hoje a Ilha de Páscoa...ahhh que saudade da magia rapa nui!
Bom, só posso dar boa sorte a quem arriscar e, para quem adiar a viagem, dizer que o Chile continuará lindo na sua vez!

Beijos






sexta-feira, 3 de junho de 2011

quinta-feira, 26 de maio de 2011

DICA #2 GASTRONOMIA

Quanto tempo sem postar!!! Obrigada a todos que tem seguido meu blog, os que acompanham as leituras...fico muito feliz ao saber que estou ajudando vocês a se organizarem melhor e descobrir as maravilhas desse país que eu acho incrível!

 
Vamos, então, ao que prometi: a lista de restaurantes que eu provei e indico

quarta-feira, 4 de maio de 2011

ENTÃO, VAMOS À DICA #1 GASTRONOMIA

Congro sobre risoto al pesto. Restaurante El Patio de Mi Casa, Puerto Varas. Bom, bonito e barato. Esse restaurante é demais!

Depois de tantos pedidos, telefonemas, sms...vamos às dicas de culinária!!! Ou melhor, das comilanças! Quem me conhece de perto sabe o quanto eu gosto de comer...e muito! Sou boa de garfo, prato, faca, colher etc etc etc.
Para começar é importante lembrar que o Chile possui grande extensão litorânea. Sendo assim, claro que não dá para sair de lá sem apreciar as maravilhas do mar nos menus (ou carta) do nosso país vizinho. Eu adoro um peixe que se chama congro, também servido nos restaurantes brasileiros, mas muito mais comum por lá. A carne é bem branca e suave! Existem várias opções de comê-lo, inclusive em sopa (que eu não recomendo). Atum é uma carne muito apreciada e diferenciada. Nada de enlatados, cheiro de conserva...nada disso! Servido em posta grelhado é uma aposta certa, com o acompanhamento que preferir, o que significa, quase sempre, pure de batata rsss. Salmão não reparei tanto em Santiago, mas em compensação comi um em San Pedro de Atacama que até hoje guardo na boca o gostinho daquela combinação incrível de macarrao de arroz, salmão grelhado e vegetais salteados (que eu tentei fazer a receita em casa rsss). Não esquecendo dos camarões, aproveite para deliciá-los como recheio das empanadas (pasteis). Finalizando as dicas de frutos do mar, você já comeu lagosta? Então, no Chile se come muito um "bicho" chamado centolla (caranguejo grande), sua carne é macia e não é salgada (por isso não é meu preferido).

sábado, 30 de abril de 2011

EU PRECISO DE INSPIRAÇÃO, VOCÊ DECIDE!

Enquanto aguardo iniciar o novo modulo do curso Marketing Digital (ótimo!), pois faltei a manhã por causa do MBA, vou blogando...
Como o tempo para eu escrever agora é limitado, quero saber se alguém tem um interesse especifico por alguma região do Chile para que possa me inspirar a escrever o meu novo post! Aqui, você decide e o resto é comigo!!!
Podem me mandar indicações por comentários, email, orkut, facebook, post it, por telefone hehehehe

Aguardo vocês!