Follow by Email

sexta-feira, 24 de junho de 2011

DICAS PARA QUEM NÃO QUER FICAR APENAS EM SANTIAGO

Frustrada com as noticías de cancelamento de viagem para o Chile, resolvo, então, dar um conselho crucial para quando você conseguir ir. Tomará que não demore muito!

Como digo que não sou turista, e sim viajante isso me dá uma certa aflição quando escuto pessoas dizendo que conhece um país apenas porque conhece a sua capital. Imagina um estrangeiro que conhece o Rio e diz que conhece o Brasil?! Não dá! E as montanhas, cachoeiras, feijoada de Minas? O vatapá, rosca, mandioca, as frutas, tapioca, os coqueiros do Nordeste? Os canions, o café colonial, o chimarrão, o verde retocado do Sul?

Então, muitas pessoas resumem a conhecer o Chile indo a Santiago. Com passagem comprada, hotel reservado, que são os mais caros de uma viagem, você pode ir para conhecer outras paisagens com apenas uma mudança no roteiro e um pouco de espírito de novidade!

Santiago para mim é uma mistura de São Paulo, pelo corre-corre das pessoas com Belo Horizonte com suas arvóres, sua tranquilidade "mentirosa", seus patrimônios culturais preservados...A parte mais nova da capital, como o bairro Vitacura é um exemplo de modernidade e luxo para os olhos, Las Condes também bem feito e bonito, mas o centro...aquele que todos querem ir para conhecer, não apresenta nenhum mistério à vista. O Palacio de la Moneda, a Catedral na Plaza de Armas, o Museu de Belas Artes, o Cerro San Cristobal, Las Chascona (casa de Pablo Neruda), o Mercado Central são os típicos lugares que vão lhe recomendar. Mas isso tudo você consegue fazer em um dia. Não mais do que isso. Claro que se você para degustar as comidas, bebericar, petiscar as gosturas da cidade, o passeio pode levar 2 dias.

Para onde você pode ir então? Nossa...o Chile é um país perfeito. Você vai do deserto arido até o gelo glacial sem sair do país. O que prefere? Paisagens mais rusticas ou o verde e a neve queimando seu rosto? Qual a época do ano é o passeio? Isso é muito importante saber.


Voltando a Santiago e mudando de alhos para bugalhos, que tal esquiar? Tão perto está Valle Nevado, considerado a 3ª melhor estação de esqui do mundo. O passeio não é barato porque envolve alugar roupa, equipamento, entrada para as melhores pistas, transporte santiago-valle nevado (o mais comum é ir e voltar no mesmo dia). Mas é delicioso esquiar e rende choro e risada! Eu, literalmente, chorei perante as aulas nada didaticas do meu namorado enquanto eu tentava levantar da neve (com duas traves no pé rsss) e gargalhava com a aventura de quase derrubar todo mundo, num verdadeiro boliche humano 'sai da frente' e 'perdon' eram as minhas frases preferidas. A estação não fica aberta todo ano e sempre é bom consultar no site http://www.vallenevado.cl/

Se for amante da cultura e dos vinhos, uma boa dica é passear pelo vale dos vinhedos logo abaixo da capital. Um passeio delicioso, sempre é bom agendar com os vinhedos a visita guiada e não a pena fazê-la em todas as vinhas porque o processo de fabricação do vinho é muito parecido. Escolha um vinho de preferencia e vá visitar, assim quando provar o vinho vai se lembrar do quando é cuidadoso sua produção e a degustação ficará ainda mais prazerosa. Eu prefiro lugares menos comerciais, como é o caso da Viña Santa Helena, muito conhecida no Brasil. Também a Casa Santa Rita e a Tarapacá. A Casa Silva vale a vista, que lugar maravilhooooso. Tentamos almoçar no restaurante que vale uma foto de tão espetacular, mas não conseguimos vaga!!! Algumas vinhas oferecem opção de degustação de vinhos junto à visita técnica ou de almoço servido com vinho (apenas 1 opção de vinho). Algumas também não abrem aos sábados nem domingo. Por isso vale a pena ligar antes e agendar a visita para não perder o passeio. No caminho dá uma parada no Restaurante Pan Pan Vino Vino que tem umas delicias...comprei uma deleia de mirtillo e umas balas de doce de leite incriveis! E almoçei por lá, claro! Esse passeio é bom ir de carro e o caminho é muito facil, não precisa ficar com medo de se perder. Fomos até Santa Cruz. Outra opção é ir de ônibus até San Fernando e pegar o trem do vinho www.rutadelvino.cl/turismo.html que é bem caro! Esse passeio vai até Santa Cruz, o berço do Valle Colchagua, considerado o 2º melhor vale de vinhedos do mundo. Bom informar que alguns vinhedos, como Taparacá não está aberto para visitação depois do terremoto de 2009. O Chile foi muito prejudicado e algumas estão, até hoje, se refazendo. Mas pode-se ir tanto no verão quanto no inverno, esse é um passeio sem  nenhuma objeção climática, mas, claro que a na primavera e no verão os campos imensos onde são plantadas as vinhas ficam mais verdes e pesadas de uva!

Uma opção mais curta e rapida para se conhecer um vinhedo é a Concha y Toro, famosa pelo vinho Casillero del Diablo, mas não é o melhor vinho da vinicula. Para ir lá dá para ir de metro seguindo a linha vermelha em direção a escuela militar e no ultimo ponto pegar um taxi até a vinicula. Tem passeio o tempo todo, lá é bem comercial...então você não sairá sem vinho, boné ou qualquer outra lembrança.

Bom, é isso....lembrando vou postando mais alguns lugares!

Beijos e até a próxima viagem...mesmo que seja sonhando com ela!

4 comentários:

  1. O Chile é mesmo indescritivel...seja onde for,ele encanta e apaixona...uma experiencia unicaaaa!rss..
    beijos e um otimo finde!!!
    :-D

    ResponderExcluir
  2. Oi minha querida
    Você está me fazendo ficar com muita vontade de ir ao Chile!
    Amo o seu blog!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Mais do que escrever quem tiver a oportunidade, peça à Raquel para mostrar as inúmeras fotos dessas viagens. Sem ela perceber, ela dá show em cada explicação de cada foto. Aí sim, dá muita, mas muita vontade de ir pro Chile!

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia este teu lado... lembro quando você me falou da viagem ao Atacama, mas não sabia que era tão apaixonada pelo Chile... parabéns pelo blog, quando for pra lá, vou contratar sua consultoria...bjs.

    ResponderExcluir